Por que a duplicação do DNA é dita semiconservativa?
A duplicação do DNA é semiconservativa porque uma das novas moléculas de DNA produzidas por este processo apresenta uma cadeia original (que serve de molde) e uma cadeia recém-sintetizada. A molécula de DNA se duplica para que a informação nela contida possa ser transmitida a novas células, no momento de sua divisão. No processo de duplicação, as duas cadeias de DNA que estavam unidas por pontes de hidrogênio se abrem e a cada uma delas vão sendo acrescentados novos nucleotídeos (por ação de enzimas chamadas DNA polimerases), obedecendo a um pareamento específico: adenina pareia com timina e citosina pareia com guanina. Assim são produzidas novas moléculas de DNA com a mesma sequência de nucleotídeos da molécula original.